dores na lombar

Dores na lombar? Veja motivos e soluções!

As dores nas costas fazem parte do dia a dia de muitas pessoas, no entanto, diferente do que muita gente pensa, dor nas costas e dor na lombar ou lombalgia não são a mesma coisa. 

Esse tipo de problema é muito comum nos dias de hoje e é uma das principais causas de afastamento do trabalho, mas, felizmente, existem tratamentos para isso e não é complicado de resolver.

A lombalgia chega a atingir 90% da população mundial, isso quer dizer cerca de 3 a cada 4 pessoas.

Por isso, o problema requer mais atenção, uma vez que, se os seus sintomas não forem devidamente tratados, podem causar prejuízos permanentes à saúde e qualidade de vida do paciente.

Por se tratar de uma dor comum, a dor na lombar afeta não só pessoas idosas, mas também jovens e adultos, por conta da falta de postura, pelas longas horas sentados durante jornadas de trabalho e por aí vai.

Você está passando por isso? Veja os motivos e soluções aqui neste artigo!

 

Principais causas para as dores na lombar

Existe uma série de fatores que pode acarretar em dores na lombar. Entretanto, não é comum associar as dores na lombar com as doenças graves na coluna, por isso ela pode ser tratada com terapias alternativas. 

A causa mais comum para este tipo de dor é o envelhecimento, pois com o passar dos anos ocorre a degeneração natural das articulações, disco e ossos da coluna.

Logo, a dor crônica na lombar é bem mais comum em pessoas idosas, as quais as estruturas da coluna já estão com muitos anos de uso. 

Além deste motivo, muitos casos de dores na lombar são de causa mecânica-degenerativa. 

Isso quer dizer que ocorre pela alteração funcional de certa parte da coluna, ou então, o encurtamento dos músculos do corpo, sobretudo os lombares, posteriores da coxa e os músculos da perna. 

Outras causas para as dores na lombar, mas menos frequentes, são tipos de problemas mais graves, por exemplo: 

  • Hérnia de disco
  • Artrose
  • Escorregamento da vértebra
  • Infecções ou inflamações
  • Obesidade
  • Tumores
  • Síndrome da cauda equina
  • Aneurismas
  • Fibromialgia
  • E até pedras nos rins. 

Já outros fatores de risco para as dores da lombar são: 

O tabagismo, o sedentarismo, as lesões esportivas, falta de descanso adequado, gestação, fatores genéticos e até questões emocionais.

Além disso, se você trabalha em casa, permanecer sentado por períodos prolongados pode estar criando essas dores e você precisa tomar alguns cuidados especiais, como os que vamos falar até o final do artigo.

 

O que fazer com as dores na lombar?

dores na lombar

Para saber o que fazer e qual o tratamento correto para as dores na lombar, é necessário realizar um diagnóstico. O mais recomendado é fazer uma anamnese durante a consulta médica e combiná-la a uma avaliação física. 

Em alguns casos, também é indicada a realização de exames de imagem; pode ser a radiografia, uma ressonância magnética, tomografia, exames de sangue ou uma biópsia para examinar com mais eficiência os possíveis motivos das dores na lombar. 

Veja os principais sintomas que devem ser levados a especialistas:

  • Dores por mais de uma semana;
  • Históricos na família de câncer de mama, pulmão ou de próstata, aliadas a dores lombares sem motivo aparente;
  • Dores insuportáveis na região dos rins e incapacidade de se movimentar sem dor;
  • Pioras graduais da dor na lombar;
  • Dores, formigamentos e amortecimentos que irradiam até as pernas;
  • Dor repentina ou fraqueza nas pernas e nos pés;
  • Perda de controle da bexiga e dos intestinos associados à dores na lombar.

 

Quais os melhores tratamentos para dores na lombar?

Os tratamentos para dores na lombar geralmente são conservadores. Em exceção aos casos mais graves. Isso acontece porque a maior parte dos casos regride usando soluções simples, como repouso e medicamentos que administram a dor.

Os tratamentos para casos comuns são, na maioria dos casos: 

Repouso parcial

O repouso é o principal tratamento para as dores na lombar e nas costas em geral, no entanto, repousar por muito tempo não é indicado, porque ficar na mesma posição pode agravar o problema. 

O recomendado é fazer um repouso parcial, com movimentos leves, para que os músculos não atrofiem. Tome muito cuidado com quaisquer movimentos bruscos que possam agravar as dores. 

A indicação é não ficar na cama por mais que 72 horas. Sempre que for possível, recomenda-se colocar um travesseiro sob os joelhos, para diminuir a pressão na região lombar, e também alternar posições, entre sentado e em pé, para manter movimentos leves e aliviar as dores.

 

Compressas frias e quentes 

Uma boa opção de tratamento não medicamentoso são as compressas frias ou quentes. A compressa fria, pode ser com gelo, causa um efeito de anestesia nos nervos da área afetada, contraindo os vasos sanguíneos e fazendo com que o inchaço diminua. 

As compressas frias vão ser mais eficientes se forem utilizadas nas primeiras 24 até 48 horas após a lesão, e devem ser administradas em diversas aplicações diárias, cada uma de 20 minutos. 

Já as compressas quentes podem ser usadas quando não houver nenhum trauma aparente. 

O calor da compressa relaxa os músculos e traz alívio para as dores, ajudando no processo de cicatrização. Caso você note que a dor esteja aumentando, pare com as compressas por 2 dias e volte com o tratamento novamente.

 

Massoterapia

As sessões de massagem ajudam a relaxar a musculatura e liberam endorfinas que diminuem as dores. 

O mais indicado é que a sessão de massoterapia seja feita com especialistas e não em casa, pois os massoterapeutas saberão aplicar as manobras adequadas para o alívio da dor. 

No entanto, caso você esteja impedido de comparecer a um profissional qualificado, um companheiro ou um familiar pode apertar a musculatura da região ou fazer o uso de uma bola de tênis embaixo do corpo, pressionando os músculos que devem se encontrar tensos.

Se você puder fazer uma sessão de massoterapia, o ideal é agendar em um Spa Urbano, para conseguir aliviar as dores na lombar até mesmo em intervalos de trabalho.

AGENDAR MINHA MASSAGEM AGORA

 

Como aliviar dores na lombar rápido?

dores na lombar

Para aliviar as dores na lombar de forma rápida e eficiente, basta utilizar algum destes tipos de tratamentos acima. No caso da compressa quente ou fria, recomendamos que utilize a Compressa para Lombar – Grãos & Aromas

Essa compressa térmica para alívio da região lombar contém especiarias que amenizam dores das juntas e dores musculares. As especiarias terapêuticas, quando aquecidas, potencializam o efeito relaxante e calmante, otimizando ainda mais o efeito da compressa.

Para a realização das massagens em casa, indicamos o uso Creme Massagem Arnica Sports, desenvolvido para uso em massagem esportiva, relaxante e terapêutica. 

A combinação dos extratos de Arnica e Bétula com Salicilato de Metila, associados à massagem, auxilia no alívio de tensões provocadas pelas dores na lombar, fadiga e desconforto muscular. 

Por fim, uma ótima forma de realizar seu repouso parcial é passando um Day Spa recarregando as energias e recebendo tratamentos especiais, como massagens, no Espaço Prana Spa. 

 

 Veja todos os serviços disponíveis no Spa Urbano Espaço Prana

Cadastre-se e receba nossas promoções e novidades