Mitos e verdades sobre uma sessão de massoterapia

Você já experimentou uma sessão de massoterapia? A massoterapia conta com vários movimentos manuais, feitos com o objetivo de aliviar dores e estresse, promovendo o bem-estar do corpo e da mente.

Trata-se de um conjunto de técnicas de massagens, cada uma com um foco e benefícios diferentes, que auxiliam tanto na saúde mental quanto na saúde física.

As vantagens de uma sessão de massoterapia são várias, indo desde o relaxamento e melhora no humor até um auxílio em algum tratamento médico. 

Uma boa sessão de massoterapia fortalece o sistema imunológico e pode tratar até alguns níveis de doenças psicológicas, como a depressão e a ansiedade. 

No entanto, mesmo com a sua popularidade e toda a informação disponível, ainda é possível se deparar com alguns mitos e crenças limitantes sobre os procedimentos. 

Por isso, nós do Espaço Prana preparamos este artigo, a fim de esclarecer qualquer mal-entendido sobre a sessão de massoterapia. Confira!

 

#1 Mito: Sessão de Massoterapia é apenas para relaxar

sessão de massoterapia

Muitos pensam que a massoterapia só serve para relaxar e nada mais, mas esse é mais um mito. Embora as sessões de massoterapia tenham como benefício o relaxamento do corpo e da mente, essa não é a única vantagem.

Então esse é um mito. As sessões de massoterapia, ao contrário do que algumas pessoas pensam, não servem unicamente para relaxar. Veja alguns dos outros benefícios abaixo:

  • Alivia o estresse;
  • Relaxamento muscular – tira a tensão dos músculos;
  • Liberação de toxinas pela corrente sanguínea;
  • Ajuda na diminuição da celulite;
  • Ajuda no combate da gordura localizada;
  • Diminui o inchaço do corpo;
  • Aumenta a flexibilidade do corpo;
  • Melhora o funcionamento do sistema linfático;
  • Aumenta consideravelmente a sensação de bem-estar.

Isso só contando com uma sessão de massoterapia relaxante, sem contar com outros tipos de massagens que vamos falar em outros artigos aqui do blog.

 

#2 Mito: Sessão de Massoterapia é igual às massagens comuns ou caseiras

Outro mito sobre a sessão de massoterapia é: muitos pensam que é apenas uma massagem comum, mas com um nome ‘gourmetizado’. Isso acontece por causa da falta de conhecimento sobre o assunto e sobre os procedimentos.

Então vamos tirar essa dúvida: uma das principais diferenças entre a massoterapia e massagem está na formação dos profissionais. 

O profissional de massoterapia, chamado de massoterapeuta, possui formação técnica e pode realizar diferentes tipos de massagem, das orientais às ocidentais.

Um exemplo prático disso é que, para um massoterapeuta estar habilitado a realizar as suas sessões, ele precisa ter formação na área com cerca de 1.200 horas de atuação e estudos. 

Enquanto, para se tornar um massagista é necessário apenas fazer um curso livre de massagem, que pode variar de 16 a 20 horas, a depender da técnica.

Independente da formação técnica do profissional, tanto o massagista quanto o massoterapeuta pode fazer massagens relaxantes.

No entanto, a massoterapia não apenas faz massagens, mas também funciona com técnicas terapêuticas que são aliadas a tratamentos psicológicos e físicos.

É necessário que o profissional esteja sempre à procura de novas técnicas e conceitos da área, a fim de proporcionar uma melhor qualidade de atendimento aos clientes. E esse tipo de atendimento você pode encontrar aqui no Espaço Prana.

 

#3 Mito: Massagem TEM que causar dores 

sessão de massoterapia doi?

Esse mito é bastante comum entre as pessoas que não conhecem uma boa sessão de massoterapia. Elas acreditam que, depois ou até durante a massagem, é preciso sentir dor no corpo, pois, caso contrário, significa que a técnica não foi bem realizada.

Mas é importante lembrar: da mesma forma que, quando você pratica alguma atividade física, não é obrigatório sentir dor para que a atividade faça algum efeito, a massagem segue a mesma linha. 

Inclusive, sentir dores nas sessões de massoterapia e em atividades físicas pode ser até prejudicial à saúde. 

Mas, claro, existem alguns tipos de massagens – como aquelas praticadas para atingir músculos mais profundos – que devem ser praticadas de forma mais firme e vigorosa e, por isso, podem trazer algum desconforto ocasionalmente e algumas dores após a sessão.

Isso acontece, principalmente, porque os músculos tratados na massagem são manipulados com mais força para liberar a tensão e, assim, alcançar o relaxamento desejado nos locais focados.

Dessa maneira, é possível que tenhamos algo parecido com o que sentimos após praticar alguma atividade física, não chegando a ser dor, mas sim uma sensação de “dolorido”. 

Isso não é nada grave e perfeitamente normal, principalmente se você não faz uma terapia com as massagens ideais 

Mas o objetivo principal da sessão de massoterapia nunca é somente a dor, e sim o bem-estar em geral.

 

#4 Mito: A massoterapia só cuida do corpo

Você pode achar que a massoterapia trata apenas do corpo, mas não é só isso. Como o próprio nome sugere (massagem + terapia) tal procedimento vai além da massagem e traz consigo a terapia alternativa. 

O objetivo vai do bem-estar físico à saúde mental, melhorando o humor, reduzindo o estresse e aumentando o autocontrole.

Logo, a massoterapia pode ser utilizada para diversos fins, tanto físicos quanto mentais, sendo peça-chave  usada na prevenção de doenças, distúrbios e lesões. 

Por isso, a massoterapia tem alcançado pessoas que buscam uma vida mais saudável e equilibrada, principalmente em regiões urbanas.

 

#5 Mito: Toda massagem é sensual 

Apesar de poder ser usada com fins sensuais, nem toda massagem é sensual; pelo contrário, a massagem, em sua maioria, tem objetivos não sensuais, mas sim de liberação de estresse e tratamento terapêutico para dores. 

Existem muitos tipos de massagens e você pode e deve escolher aquela que agrada e se encaixa melhor nos seus objetivos. 

Hoje em dia, existem dezenas de modalidades disponíveis no mercado, tanto para terapias sensuais quanto para terapias antiestresse e para prevenção de dores.

 

#6 Mito: Massagem só pode ser realizada esporadicamente 

sessão de massoterapia

Mais um mito sobre a sessão de massoterapia é que ela só pode ser feita de forma esporádica. 

A verdade é que, o mais comum é que as pessoas a realizem de tempos em tempos, mas o ideal é que ela seja realizada com frequência, para realmente servir como terapia e manter os benefícios da massoterapia sempre renovados.

Também existem massagens (como a drenagem, por exemplo), que podem ser realizadas em dias seguidos a fim de alcançar o efeito desejado. 

Além disso, no caso de realizações de cirurgias, como a lipo LAD, o recomendado é que sejam realizadas drenagens frequentemente, com objetivo de ajudar na recuperação.

Portanto, fazer massoterapia com frequência é uma ótima forma de manter a memória muscular ativa. Isso fará com que os músculos fiquem regularmente relaxados e preparados para o estresse do dia a dia, auxiliando no combate às dores frequentes e crônicas. 

 

E então, preparado para ver como funciona uma sessão de massoterapia na prática?

É simples: basta clicar aqui e ver as massagens disponíveis no Espaço Prana, um Day Spa Urbano especializado em tratamentos terapêuticos e relaxamento.

Ah, e você pode ficar tranquilo, porque todas as nossas unidades estão em locais estratégicos para que você possa fazer sua sessão de massoterapia a qualquer momento do dia.

Te esperamos aqui!

Cadastre-se e receba nossas promoções e novidades